sábado, 24 de junho de 2017

Rua da Achada


Já estou quase a chegar ao fim deste caderno, mas sinto que ainda não descobri o código para criar a melhor composição neste formato quadrado. Mas vou continuar a tentar até ao fim.

I'm almost at the end of this book, but I feel I have not yet figured out the code to create the best composition in this square format. But I'll keep trying until the end.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Largo da Achada


Já é a 3ª ou 4ª vez que desenho neste largo da Mouraria. Desta vez sentei-me ali à sombra a comer um gelado e aproveitei o degrau das escadas para me manter sentado e desenhar.
Ainda posso voltar ao largo mais vezes sem me repetir, pois há ainda uns recantos que não apareceram nos meus cadernos.

This is the 3rd or 4th time I've been sketching this small square in Mouraria. This time I sat in the shade eating an ice cream and took advantaje of the steps to keep sitting and sketching.
I can still go back to the square for a few more sketches without repeating myself, because there are some corners that still did not appear in my sketchbook.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Mais preto e branco


Estou quase a acabar este caderninho só a preto e branco, mas já tenho o próximo preparado para começar. Afeiçoei-me a fazer estes pequenos desenhos e para já não pretendo parar.
Esta rua tem sido um alvo ultimamente, e neste caso o contraste entre a fachada do edifício e o muro enquadrou-se perfeitamente na página.


I'm about to finish this little sketchbook with just black and white, but I already have the next one ready to start. I enjoy very much doing these small sketchesand I do not want to stop for now.
This street has been a target lately, and in this case the contrast between the facade of the building and the wall was a perfect fit on the page.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Portinho da Arrabida II


A praia do Portinho é realmente muito bonita, mas depois de um primeiro desenho a apanhar a baía virei-me para a frente, onde a única peça relevante no cenário é o enorme rochedo junto à praia.

Portinho da Arrábida beach is really beautiful, but after a first sketch catching the bay I turned ahead at the horizon, where the only relevant thing is the huge rock close to the beach.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

No Martim Moniz


Sentei-me num muro do Martim Moniz para descansar um pouco e comer um pastel de nata que tinha comprado. A praça continua cheia de animação, agora também com uma série de bancas com comes e bebes.
Mas apesar disso foquei-me um pouco mais acima e mais para longe para encontrar um motivo para desenhar.

I sat down on a wall of the Martim Moniz square to rest for a while and eat a "Pastel de Nata" I had bought. The square is always full of movement and excitement, even more now that it has some trailers with food and drinks.

But despite all that I focused a little higher and farther away to find my model to sketch.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Larguinho


Já tinha passado por este cantinho e fui lá novamente de propósito para o desenhar.
O sino tocou mesmo ali ao lado e as pessoas saíram da igreja depois de terem assistido à missa. Foi o momento de maior movimento naquele recanto, onde durante muito tempo a única coisa que ouvi foram os pássaros a cantar.

I had once passed by this little corner. Now I returned to it solely with the intention of drawing there.

The bell rang on the church nearby and the people starded coming out after attending Mass. It was the moment with movement in that corner, where for a long time all I heard was the birds singing.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Vista larga


Depois de uma volta pela feira do livro havia que descansar um pouco as pernas. Felizmente o que não falta por aquela zona são relvados, alguns deles com belas vistas sobre a cidade. Foi questão de escolher um e sentar-me nele de caderno e caneta na mão.
Parecia impossível enfiar tanta coisa num caderno pequeno (9x9cm), ainda por cima sem a ajuda da cor, por isso preocupei-me mais em tentar sugerir as formas do que propriamente desenhá-las.

After a walk through the book fair it was time to give the legs some rest. Fortunately that area is filled with lawns, some of them with a beautiful view over the city. So it was just a matter of choosing a sitting spot and pick up a sketchbook and a pen. It seemed impossible to fit all that view in a small sketchbook (9x9cm), even more without the help of colour, so i tried to sugest more and draw less.

sábado, 3 de junho de 2017

Um canto


Tinha um tempo para matar e estacionei o carro à sombra de umas árvores. Não vi nada de muito interessante para desenhar e acabei por optar pelo canto de uma vivenda que permitia um enquadramento relativamente interessante para pôr no caderno.

I had time to kill and parked the car in the shade of some trees. There was nothing particulary interesting to draw so I ended up chosing the corner of a house that allowed a relatively interesting framing on the skecthbook.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Sem carros


A rua tinha uns quantos carros estacionados meio em cima do passeio, mas por norma gosto de representar os locais como eles são, de uma forma mais limpa, por isso optei por erradicar todas as viaturas à minha frente.

There were a few cars half-parked on the sidewalk, but usually I like to represent the places just as they are, so I chose to eliminate all the vehicles in front of me.

quarta-feira, 31 de maio de 2017

A frente


Já tinha desenhado este barco mas visto pela parte de trás. Desta vez sentei-me mais de frente para ele enquanto ficou ali sossegado a posar para o meu desenho.

I had already drawn this boat, but seen from the back. This time I sat facing him as he sat quietly posing for my drawing.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Contraluz


Sentei-me na borda do muro de forma a só conseguir ver parte da Torre de Belém e conseguir enquadrar as pequenas guaritas em primeiro plano.
Àquela hora da manhã o sol estava muito baixinho e proporcionava uma contraluz tão forte que quase não via os pormenores na fachada da torre, mas no caderno tentei dar-lhe alguma luz para o desenho não ficar demasiado pesado.

I sat on the edge of the wall so I could only see part of the Tower of Belém and be able to frame the small guardhouses in the foreground.

At that hour of the morning the sun was very low and backlit the tower so strongly that I could hardly see the details on the façade. But in the sketchbook I tried to give it some light to keep it interesting.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

No Champalimaud


Que amanhecer espectacular à beira rio. Gostava de ter lá ficado a manhã toda, mas só houve tempo para um desenho. Continuo a tentar perceber como fazer funcionar os enquadramentos no formato quadrado deste caderno.

What a spectacular dawn by the river. I would have liked to stay there all morning, but there was only time for one sketch.
I am still trying to figure out how to make the composition work inside the square shape of this sketchbook.

sábado, 27 de maio de 2017

Massa


No jardim da água no CCB sentei-me um pouco à sombra de uma palmeira.
Achei seria correr um risco a reforçar a sombra de uma massa tão grande em primeiro plano, mas a bem da experiência optei por fazê-lo na mesma.
O resultado não me convence muito, com uma mancha grande a ocupar mais de metade da dupla-página. Talvez no futuro me coíba de voltar a tentar algo semelhante... ou talvez não!

Sitting in the shade of a palm tree in the water garden at CCB, I thought I it would be a risk to reinforce the shadow of such a large mass in the foreground, but for the sake of experience I chose to do so.
The result does not convince me much because of the big stain occupying more than half of the spread. Maybe in the future I will shy away from trying something similar ... or maybe not!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Aleatório


Um quintal aleatório num edifício antigo de aspecto degradado, numa rua escondida, pintado com 4 cores: azul cobalto, rosa, ocre e verde perilene.

A random backyard on an old building with a degraded facade, in a hidden road, painted with 4 colours: cobalt, rose, ochre and perylene green.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Bordalo no jardim II


Ainda no museu Bordalo Pinheiro tinha desenhado uma espécie de peixe inserido numa peça com motivos marítimos.
Chegado ao jardim foi mais fácil incorporá-la no ambiente, uma vez que nos sentámos em frente ao lago onde haviam barcos a navegar e crianças a tomar banho.

Still in the museum Bordalo Pinheiro I skecthed a a kind of fish that was included in a large piece with maritime motifs.
Once in the garden it was easy to incorporate the fish into the environment, because we sat in front of the lake where there were boats navigating and children bathing.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

A peça do Bordalo no jardim


No último fim-de-semana juntei-me a um mini-encontro marcado à pressão, no seguimento da presença do sketcher Ron Sketcherman em Lisboa.
Desenhámos um pouco no interior do museu Bordalo Pinheiro e depois fomos apanhar ar para o jardim do Campo Grande. A ideia era incorporar a peça do museu no ambiente do jardim.

Last weekend I joined a few sketcher friends for a group drawing session. The group included Ron Sketcherman who was visiting Lisbon.

We sketched for a while inside the Bordalo Pinheiro museum and then went to get some dresh air to the Campo Grande garden close to the museum.
The idea of the drawing was to incorporate the museum piece into the garden's environment.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Centenária


O tronco desta árvore é enorme. Tão grande que não coube inteiro no meu caderno. Não sei quantos anos tem, mas de certeza que já anda na casa das centenas. Fico feliz por termos jardins com estas preciosidades e por ter oportunidade de as apreciar.

The trunk of this tree is enormous. So big that it did not fit my sketchbook. I do not know how old it is, but there must be at least a few hundreds. I am happy to live near some gardens where one as the opportunity to enjoy such precious things.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

À espera




As salas de espera são boas para treinar o desenho de pessoas.

Waiting rooms are good to practice sketching people.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Confuso


Há algo neste desenho que não me soa bem. Acho que é a forma como a tonalidade dos bancos se confunde com a árvore. Talvez devesse ter optado por deixá-los só com o traço da caneta, sem aguarela.
Podia escurecer mais os bancos, mas assim ficariam uma mancha demasiado escura. Se escurecesse a árvore acho que ficaria ainda mais aproximada ao tom dos bancos. Por isso ficou tal como está e venha o próximo desenho.

There is something in this drawing that does not sound right to me. I think the tonal value of the benches merges to much with the on of the tree. Maybe I should have chosen to leave the benches without watercolour and only with the pen lines.

I might try to darken the bnches a bit more, but it think they would look like a dark blob. If I darkened the tree I think its tonal value would merge even more to the  one of the benches. So I decided to leave as it is and go to the next sketch.